13.4.06

O meu dogmas básico

"A verdade é aquela da qual temos consciência"
DeRose

Acho esta sentença fantástica! É, cada vez mais, a verdade da qual tenho…

É um dos meus dogma base! Um daqueles estruturantes. Um dogma que não é fechado. Abre-se a todo o tipo de possibilidades. Valoriza a consciência de cada um. Em cada um encontra a fonte, credibilidade e sentido das próprias verdades. Ou falta delas…

Não obriga a nada. Sem em “outro” reconhecemos a nossa verdade é por identificação na qual nos reconhecemos. Se discordamos é só outra verdade, e essa relatividade também é tolerância.

Podem querer achá-la uma verdade mais. E é. Para muitos não terá qualquer valor. Talvez achem apenas mais uma moda ou um lugar comum destes tempos filosóficos relativistas, dispersos e confusos. Ou uma afirmação revolucionária. Algo simplista ou absolutamente profundo. Ou o que quiserem. É a vossa …consciência!

Para mim é simplesmente óbvia! Evidente. Uma evidência lógica. Simples, bela e poderosa.

Creio em mim. E você?

3 comments:

MasterPeace Dude said...

Caro António,

Espero que me permitas estes comentários...

Esta frase é, em si mesma, uma verdade da qual convém que tenhamos consciência ;)

E não estou só a brincar com as palavras... estou mesmo a referir-me ao facto de achar ser realmente importante nós apercebermo-nos de que criamos a nossa realidade.

As nossas reacções às experiências de vida, "bitolam", por exemplo, a nossa felicidade, ou melhor, a nossa capacidade de sermos felizes.

Uma atitude positiva perante a vida é um exemplo de forma de experimentar a realidade. Alguém que não tenha essa atitude positiva, irá viver uma realidade diferente, apesar de estarmos a falar dos mesmos acontecimentos ou circunstâncias...

Por conseguinte, também digo: "eu creio em mim" ;)

PS: Já agora, em linha com esta temática, pergunto-te se já tiveste oportunidade de ver o filme/documentário "What the bleep do we know?". Se ainda não viste, procura, pois pelo que tenho lido no teu blog (hoje foi a primeira visita), acho que és capaz de gostar bastante...

MasterPeace Dude said...

Já agora, só mais um pequeno pormenor... foi exactamente esta frase no nome do blog que me trouxe até aqui...

Antonio said...

Sobre o filme, que tb gostei, já escrevi.

Arquivo de 06/01/2005...